Translate

Google+ Badge

terça-feira, 26 de agosto de 2014

Os tipos de conhecimento

Olá pessoal!

Quando se pensa no processo de aprendizagem, logo você lembra de Piaget “o pai do construtivismo”. Em seus estudos buscou explorar o processo no qual as crianças aprendem e uma de suas contribuições referente a esse assunto foi sua teoria dos tipos de conhecimento. É muito importante para nós professores entendermos esse processo para compreender as maneiras que as crianças adquirem conhecimento. Antes de iniciar vamos ver quem foi Jean Piaget.

Jean Piaget nasceu em Neuchâtel, Suíça, em 1896. Aos 10 anos publicou seu primeiro artigo científico, sobre um pardal albino. Desde cedo interessado em filosofia, religião e ciência, formou-se em biologia na universidade de Neuchâtel e, aos 23 anos, mudou-se para Zurique, onde começou a trabalhar com o estudo do raciocínio da criança sob a ótica da psicologia experimental. Em 1924, publicou o primeiro de mais de 50 livros, A Linguagem e o Pensamento na Criança. Antes do fim da década de 1930, já havia ocupado cargos importantes nas principais universidades suíças, além da diretoria do Instituto Jean-Jacques Rousseau, ao lado de seu mestre, Édouard Claparède (1873-1940). Foi também nesse período que acompanhou a infância dos três filhos, uma das grandes fontes do trabalho de observação do que chamou de "ajustamento progressivo do saber". Até o fim da vida, recebeu títulos honorários de algumas das principais universidades europeias e norte-americanas. Morreu em 1980 em Genebra, Suíça.

O sujeito estrutura e adquire conhecimento, a partir da ação sobre o objeto. Há três tipos de conhecimento: o conhecimento físico, o conhecimento lógico-matemático e o conhecimento social.

Conhecimento físico

O conhecimento físico é estruturado a partir da abstração empírica, ou seja, consiste em dissociar as propriedades do objeto, ver o objeto como um todo, no tamanho, cor, peso, espessura... A criança abstrai as propriedades desses objetos por intermédio de seus sentidos.
O conhecimento físico é estruturado de algumas ações como, apalpar, pegar, quebrar, dobrar, apertar, esticar, entre outros.

Conhecimento lógico-matemático

O conhecimento lógico-matemático é estruturado a partir da abstração reflexiva, que tem origem na coordenação das ações que a criança exerce sobre os objetos e assim chega à manipulação simbólica e ao raciocínio puramente dedutivo. Através da abstração reflexiva a criança cria e introduz relações entre os objetos. O conhecimento lógico-matemático tem três características principais.

1.       Não pode ser ensinado diretamente, a criança constrói a partir da relação com o objeto;
2.       Ele é unidirecional, ou seja, se constrói na direção de uma coerência;
3.       Uma vez conhecido o conhecimento lógico-matemático jamais será esquecido.

Conhecimento social

A criança só adquire o conhecimento social com relação com as pessoas. Se caracteriza por ser imposto e por fundamentar-se no consenso social.  O conhecimento social consiste em um conjunto de ideias que permitem aos indivíduos o conhecimento de si mesmo e dos outros, ou seja, são conhecimentos que foram estabelecidos por um determinado grupo, cultura, família entre outros, como normas, leis, costumes. E são passados de geração em geração.


Para que a criança tenha uma aprendizagem significativa é necessário que desenvolva os três tipos de conhecimento, onde o professor deve propor atividades para que sejam estimulados e assim obtenham o conhecimento, pois só acontecerá se tiverem interação com os objetos, pessoas e o meio.

Beijinhos*

Nenhum comentário:

Postar um comentário