Translate

Google+ Badge

terça-feira, 6 de março de 2018

Terceiro educador


Olá!
Com frequência questionamos como deve ser organizada a sala de aula, como deve estar expostos os materiais, brinquedos e decorado. O assunto que vamos abordar hoje é de extrema importância no desenvolvimento das crianças, estamos falando do terceiro educador, ou seja, o ambiente.

Entendemos que a criança compreende o mundo pela interação com meio que se encontra, desta forma é importante pensarmos, como deve ser esse ambiente para que o processo ocorra de forma prazerosa e significativa.
O terceiro educador é o espaço onde a criança desenvolve as suas atividades. O espaço é planejado e organizado pelos educadores de forma a criar o "maior número possível de oportunidades de aprendizagem pela ação e exerçam o máximo controle possível sobre o ambiente"(in Educar a Criança).
A sala, o recreio, os espaços comuns e todas as áreas em que a criança trabalha são agentes indiretos de ensino-aprendizagem. Por essa razão, os espaços devem ser atraentes e estimulantes para a criança.
Ambientes devem ser organizados de forma interconectada. O espaço é apenas um aspecto do ambiente, composto por relações. Ele interage, modifica-se, toma forma de acordo com projetos de interesse, sequências investigativas, projetações e experiências, num diálogo constante entre a arquitetura e o pedagógico desenvolvido.

Devemos proporcionar ambientes seguros para que as crianças possam interagir com o meio e nada venha as prejudicar. Todo tipo de material deve ser exposto, porém pensando no bem-estar de todos. Velar não é privar de descobertas e sim promover interação segura, por exemplo, se a criança está começando a andar, porém ainda há um desequilíbrio, devemos permitir que faça os movimentos sozinha, porém em um ambiente acolchoado para que não se machuque.  

Materiais diversificados, desafios, beleza, sonoridade, iluminação, tudo pode compor, cada detalhe num dia, uma surpresa para nosso ambiente, que tanto nos educa e acolhe. Planejado com cuidado e afeto, garante-se a dimensão estética, que é indispensável, pois é neste ambiente que se celebram diariamente os encontros cognitivos e afetivos entre educadores, pais e crianças. Os detalhes fazem toda diferença, o educador deve proporcionar um ambiente acolhedor, que de fato a criança se sinta em casa. Porém neste ambiente a criança de ser um ser participativo, opinando e influenciando na organização do espaço.

Quando falamos de educação infantil, pensamos em crianças pequenas que algumas vezes não se expressam oralmente, porém devemos observar as ações que realizam, por exemplo, percebemos que tal objeto chama a atenção de todos e sempre que brincam levam para determinado canto da sala, é dever do professor, observar essa interação é mediar intervenções para que descubram algo novo.

O terceiro educador também é fundamental nas séries iniciais, os alunos estão descobrindo o mundo das letras, portanto é significativo que o ambiente escolar incentive a leitura e compreensão do mundo.

Enfim o ambiente tem muito que nos oferecer, porém precisamos sempre observar os interesses e envolvimento das crianças para que o conhecimento seja significativo.

beijinho*
Ate mais!

Nenhum comentário:

Postar um comentário